O antigo ciclista francês Laurent Jalabert, vencedor da Volta a Espanha de 1995 e de vários prémios secundários no Tour, terá usado substâncias proibidas na Volta a França de 1998, avançou hoje o diário desportivo L’Équipe.

«Laurent Jalabert deu positivo por EPO no Tour de 1998. É o que revelam os testes retroativos realizados em 2004 pela Agência Francesa Antidopagem (AFLD) a uma amostra de urina do corredor francês», escreve o jornal francês na sua página na internet.

De acordo com o L’Équipe, a comissão de inquérito senatorial sobre a eficácia da luta antidopagem em França dispõe de elementos que comprovam que o vencedor de duas camisolas por pontos (1992 e 1995), duas da montanha (2001 e 2002) e dois prémios da combatividade (2001 e 2002) no Tour se dopou.

Os testes foram realizados anonimamente, mas os senadores, que revelarão o seu relatório a 18 de julho, exumou os processos que permitem pôr nome às amostras.

“Jaja”, que nunca admitiu ter-se dopado, mas reconheceu que a dopagem era generalizada no pelotão nos anos 90, corria na ONCE, antiga equipa de Manolo Saiz, um dos arguidos da “Operação Puerto”, a maior rede de dopagem descoberta em Espanha.

«Não posso dizer que é falso, não posso dizer que é verdadeiro», disse Jalabert ao canal de televisão France 2, no qual é comentador, explicando que sempre confiou nos médicos das equipas em que correu.

A 15 de maio, o francês reconheceu diante da comissão de inquérito senatorial sobre a eficácia da luta antidopagem, constituída depois do caso Lance Armstrong, que recebeu infiltrações de corticoides, justificadas por autorizações de uso terapêutico, mas nunca gastou um cêntimo em produtos dopantes.

Substância indetetável em 1998 – o teste só foi validado em 2001 -, a EPO estava presente em quase todos os frascos de urina analisados pela AFLD seis anos mais tarde.

A Volta a França de 1998 foi a do famoso caso Festina, um momento de viragem no ciclismo mundial, que acordou pela primeira vez para a dopagem generalizada, neste caso dentro de uma das equipas mais importantes do pelotão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.