O ciclista português Ivo Oliveira foi hoje 36.º classificado na prova de contrarrelógio de sub-23 do Campeonato do Mundo de estrada, que se disputou em Doha e foi vencido pelo alemão Marco Mathis.

Oliveira completou os 28,9 quilómetros do percurso em 37.25 minutos, mais 3.17 minutos do que Mathis, que se impôs com o registo de 34.08, terminando a meio de uma tabela que contou com 73 participantes, na estreia em Mundiais de estrada na categoria de sub-23.

“A segunda volta foi muito penosa para mim. Sofri com o calor e com o vento, que, excluindo a reta da meta, batia sempre de frente e de lado”, explicou o ciclista português, que quase sofreu uma queda ao contornar uma rotunda, embatendo na marcação saliente no pavimento.

Além de Mathis, o pódio do contrarrelógio de sub-23 ficou completo com o compatriota Maximilian Schachmann, que terminou a 18 segundos e conquistou a medalha de prata, e o australiano Miles Scotson, terceiro classificado, a 37 segundos do vencedor.

Oliveira foi o primeiro ciclista português a competir nos Mundiais de estrada, devendo a participação lusa prosseguir na terça-feira, por intermédio de Daniel Viegas e João Almeida, que vão competir no contrarrelógio de juniores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.