O ciclista alemão Phil Bauhaus (Bahrain Victorious) sobreviveu a uma queda coletiva para vencer ao ‘sprint’ a primeira etapa do Tour Down Under, que continua a ser liderado pelo italiano Alberto Bettiol (EF Education-EasyPost).

Uma queda a 500 metros da meta ‘descarrilou’ o comboio dos ‘sprinters’, mas não impediu o alemão de 28 anos de superiorizar-se aos locais Caleb Ewan, a representar a seleção australiana, e Michael Matthews (Jayco AlUla), segundo e terceiro na tirada, com as mesmas 03:37.35 horas do vencedor.

A vitória no final da ligação de 149,9 quilómetros, com início e final em Tanunda, foi a 20.ª da carreira para Phil Bauhaus, que inaugurou o palmarés com dois triunfos em etapas na Volta a Portugal de 2014.

“Caí com estrondo [durante a etapa], a corrida foi muito nervosa hoje, muitos corredores caíram”, descreveu o vencedor no final da tirada, na qual o português André Carvalho (Cofidis) chegou no pelotão, na 78.ª posição.

Também Alberto Bettiol cortou a meta com o mesmo tempo de Bauhaus, mantendo a liderança da geral da prova australiana, agora com Michael Matthews como ‘vice’, a seis segundos.

O norte-americano Magnus Sheffield (INEOS) desceu ao terceiro lugar, estando a oito segundos do italiano da EF Education-EasyPost.

Já Carvalho subiu 11 posições, até ao 81.º posto, a 41 segundos de Bettiol.

Na quinta-feira, a segunda etapa vai ligar Brighton e Victor Harbor, no total de 154,8 quilómetros, com uma contagem de primeira categoria a pouco mais de 20 quilómetros da meta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.