O ciclista australiano Richie Porte (Trek-Segafredo) ampliou hoje o seu registo de vitórias no Tour Down Under, ao triunfar na terceira etapa da prova, que agora lidera.

O australiano, de 34 anos, chegou isolado à meta, no final dos 131 quilómetros que ligaram Unley a Paracombe, para festejar a sua oitava vitória em etapas na maior prova do seu país.

“Sentia-me bem no início da subida e ‘cavei’ uma pequena distância. É uma pena que o vento de frente fosse tão forte no final, porque poderíamos ter conseguido aumentar consideravelmente as diferenças para a concorrência”, disse o homem mais constante no Tour Down Under nos últimos anos (venceu em 2017 e foi segundo em 2015, 2016, 2018 e 2019).

Cinco segundos depois do vencedor, que cortou a linha com o tempo de 3:14.09 horas, chegou o seu compatriota Robert Power (Sunweb), com o britânico Simon Yates (Mitchelton-Scott) e o também australiano Rohan Dennis (INEOS) a serem, respetivamente, terceiro e quarto classificados com o mesmo tempo do segundo.

João Almeida (Deceuninck-QuickStep), o único português em prova, foi 39.º na tirada, a 34 segundos de Porte, saltando para a 82.ª posição da geral, a 6.05 minutos do novo líder.

O australiano da Trek-Segafredo tem agora seis segundos de vantagem sobre o vencedor das duas últimas edições, o sul-africano Daryl Impey (Mitchelton-Scott), e nove sobre Power.

Na sexta-feira cumpre-se a quarta etapa da prova australiana, que levará o pelotão entre Norwood e Murray Bridge, no total de 153 quilómetros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.