Primoz Roglic, campeão olímpico de contrarrelógio e vencedor da Volta a Espanha em bicicleta, e Tadej Pogacar, campeão da Volta a França, vão representar a Eslovénia nos Mundiais de estrada, com o segundo no ‘crono’.

Roglic, que venceu as últimas três Vueltas, e Pogacar, que venceu os últimos dois Tours, são duas das grandes figuras mundiais da modalidade e estarão na mesma equipa nos Campeonatos do Mundo, de domingo a 26 de setembro na Flandres, Bélgica.

Apesar do título olímpico, o mais experiente do duo ‘deixou’ o contrarrelógio para ‘Pogi’, que estará na especialidade ao lado de Jan Tratnik, numa seleção que, na prova de fundo, terá ainda em ação Matej Mohoric, Luka Mezgec, Jan Polan, Domen Novak e David Per.

A ausência do medalhado de ouro em Tóquio2020, que venceu as duas etapas da especialidade na última Vuelta, é uma das surpresas das listas de convocados para os Mundiais, dado que seria um claro favorito para o exercício.

Este ano, Pogacar venceu um contrarrelógio no Tour e foi terceiro nos Nacionais, tendo conquistado o título nacional de ‘crono’ em 2019 e 2020, este último o ano em que usou o exercício individual da penúltima etapa em França para bater Roglic na luta pela sua primeira vitória na ‘Grande Boucle’.

O contrarrelógio do Mundial liga Knokke-Heist a Bruges em 43,3 quilómetros, maioritariamente planos, e terá como representantes portugueses Nelson Oliveira e Rafael Reis.

O italiano Filippo Ganna volta para defender o título mundial, com o suíço Stefan Küng, recente campeão europeu, o australiano Rohan Dennis e os belgas Wout van Aert e Remco Evenepoel entre o lote de principais candidatos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.