O português Rui Costa (UAE Emirates) cortou hoje a meta em primeiro na sexta etapa da Volta à Suíça em bicicleta, mas acabou penalizado pela organização, sendo relegado para segundo, com a vitória atribuída a Andreas Kron (Lotto Soudal).

Envolvido numa fuga, Rui Costa foi o mais rápido da etapa, que ligou Andermatt a Disentis Sedrun, numa distância de 130,1 quilómetros, terminando com o tempo de 03:14:52 horas, batendo o dinamarquês Andreas Kron, que chegou com o mesmo tempo, e o austríaco Hermann Pernsteiner (Bahrain), que chegou um segundo depois.

Os três ciclistas entraram juntos nos últimos quilómetros, com uma curta vantagem para um grupo perseguidor, com Rui Costa a superiorizar-se no final, no entanto, a organização considerou que o sprint final foi irregular e decidiu atribuir a vitória a Andreas Kron, com Rui Costa a ser relegado para o segundo lugar.

Apesar de lhe ver ser retirada a vitória na etapa, o ciclista português subiu ao 10.º lugar da classificação geral, a 3.37 minutos do primeiro.

Esse é o equatoriano Richard Carapaz, que chegou integrado no pelotão, 2.49 minutos depois dos primeiros, e mantém a liderança da geral, com 26 segundos de avanço sobre Jacob Fuglsang (Astana) e 38 segundos para o alemão Maximilian Schachmann (Bora-hansgrohe).

A sétima etapa, entre Disentis Sedru e Andermatt, será um contrarrelógio de 23 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.