O ciclista russo Alexander Serov, vencedor esta quinta-feira da primeira etapa da Volta a Portugal, assumiu que a tirada foi demasiado lenta, numa média de 34 km/h.

«Tivemos todo o dia vento de frente, foi complicado. Seis horas para cumprir 200 quilómetros é muito devagar, costumam ser precisas apenas cinco. O final foi perigoso, pelas curvas nos últimos metros e porque estava toda a gente receosa no final. Não vou tentar ganhar mais etapas, há muitas para os `sprinters`. Eu estou concentrado no contrarrelógio. Estou muito feliz, porque é a primeira vitória do ano e a primeira em Portugal», afirmou o russo após triunfar em Aveiro.

A segunda etapa da Volta a Portugal vai ligar esta sexta-feira Oliveira de Azeméis a Viana do Castelo, numa distância de 187,2 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.