O anúncio do novo calendário mundial pela União Ciclista Internacional (UCI) foi adiado por uma semana, com aquele organismo a afirmar que tem de tomar em conta as anunciadas medidas de desconfinamento na Europa.

O calendário WorldTour reelaborado tendo em conta a pandemia de covid-19 era esperado para hoje, mas agora a UCI admite alguns acertos, face ao esperado aliviar das restrições.

"As medidas tomadas por alguns governos europeus em matéria de restrições a eventos desportivos de massas devem ser tidas em conta", explica a UCI, no adiamento dos calendários masculino e feminino. "A UCI e os seus parceiros necessitam prosseguir os seus trabalhos", admite a UCI, sublinhando que "alguns pontos continuam em suspenso".

Face aos novos desenvolvimentos, a UCI marcou agora o dia 05 de maio para a publicação dos calendários WorldTour, a ser feita após reunião com o Conselho de Ciclismo Profissional.

Até ao momento, as datas validadas são apenas as da Volta a França, de 29 de agosto a 20 de setembro, e os Mundiais de estrada, na Suíça, de 20 a 27 de setembro.

Também serão na próxima semana detalhadas as regras de participação, nomeadamente o número de ciclistas por equipa à partida. Por outro lado, vai ser criado um grupo de controlo para definir comportamentos no plano sanitário.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 217 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Perto de 860 mil doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.