Gabrovski revelou vestígios de EPO na amostra de urina feita durante a volta turca, competição de oito dias que venceu em abril.

O ciclista, de 34 anos, será desapossado da vitória e ficará sem competir até que a federação búlgara conclua o respetivo processo disciplinar.

A UCI revelou ainda que a lituana Rasa Leleivyte também foi apanhada nas malhas do doping num controlo fora de competição feito em junho.

Gabrovski e Leleivyte podem requerer uma contra-análise.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.