Depois de anos difíceis, o pelotão da Volta a Portugal, cuja lista definitiva de 153 ciclistas foi conhecida esta terça-feira, confirma a tendência crescente, recuperando uma dimensão de há cinco anos.

Ao contrário do que é habitual, a lista definitiva de inscritos não registou baixas de última hora, o que permitiu que, esta quarta-feira, à partida para o prólogo por equipas de Lisboa, estejam 153 ciclistas em representação de 17 equipas, o maior número desde 2007.

Se há um ano o pelotão cresceu exponencialmente em relação ao ano anterior – os 116 de 2011 são um dos piores registos de sempre da Volta a Portugal -, este ano juntou peças para subir mais uns degraus e tornar-se no quinto mais representativo desde 2000.

A explicação está, entre outras coisas, nas equipas nacionais, que de quatro passaram a seis: às veteranas estruturas da LA-Antarte, Efapel-Glassdrive, Rádio Popular-Onda e Banco Bic-Carmim, juntaram-se as novatas OFM-Quinta da Lixa e Louletano-Dunas Douradas.

O pelotão mais numeroso da Volta a Portugal foi o da 62.ª edição, em 2000, que teve 179 corredores à partida, batendo o recorde estabelecido no ano anterior, com 170.

Em 1993, ano da segunda vitória de Joaquim Gomes, atual diretor da corrida, alinharam à partida apenas 107 ciclistas.

Lista de participantes nas últimas Voltas:

2013 - 153

2012 - 149

2011 - 116

2010 - 139

2009 - 123

2008 - 147

2007 – 158

2006 – 148

2005 – 147

2004 – 159

2003 – 140

2002 – 143

2001 – 162

2000 – 179

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.