Vítor Valinho (Louletano/Dunas Douradas) sagrou-se hoje campeão nacional de ciclismo de estrada sub-23, vencendo ao "sprint" a prova de fundo, que principiou e terminou em Pataias, Alcobaça.

Valinho gastou 3:57.57 horas para cumprir os 154,8 quilómetros da tirada, com média de 29 quilómetros/hora, impondo-se a António Barbio (Ceramica Flaminia/Fondriest) e Frederico Figueiredo (Liberty Seguros/Feira), os dois corredores que o acompanharam nos últimos quilómetros da prova.

«Vinha com dois atletas excecionais, conseguimos um bom entendimento e percebemos que podíamos vencer. Mas foi muito duro, vínhamos a sofrer e nos últimos 10 quilómetros as pernas já vinham a doer bastante. Só me restava aguentar, sofrer e chegar à vitória«, disse Vítor Valinho.

Esta é a segunda vez que Victor Valinho enverga as cores da bandeira nacional, pois em 2009, ainda júnior, foi campeão nacional de fundo, título que repetiu agora na categoria de sub 23.

«Tenho poucas vitórias na carreira, esta é apenas a terceira, e duas delas, curiosamente, foram nos campeonatos nacionais. Acho que sou abençoado pela Nossa Senhora», gracejou o atleta oriundo de Fátima

A prova foi disputada em nove voltas a um circuito de 17 quilómetros e reuniu 57 ciclistas.

Os campeonatos nacionais terminam no domingo com a prova em linha da categoria Elite, num percurso de 172 quilómetros cumprido em sistema de circuito no mesmo traçados dos sub-23, com os corredores a ter de cumprir 10 voltas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.