A Volta a Portugal despediu-se hoje de Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), Tiago Machado (Rádio Popular-Paredes-Boavista) e Micael Isidoro (ABTF-Feirense), os ciclistas que terminam a carreira no final desta temporada, com um singelo “obrigada”.

Ainda antes da partida real para a nona e penúltima etapa da 83.ª edição, que liga Paredes ao alto da Senhora da Graça, as ‘ardósias’ Rita Teixeira e Xana Esteves exibiram nos seus quadros, escritos a giz, os nomes dos três corredores, que se despedem definitivamente da Volta na segunda-feira, com a palavra “obrigada” inscrita no verso.

Obrigada parece pouco para agradecer aquilo que, particularmente, Marque fez na Volta a Portugal: vencedor em 2013, o galego de 41 anos foi também terceiro no ano passado e em 2015.

Figura consensual no pelotão nacional, aquele que é um dos ciclistas mais queridos pela caravana estava já bastante emocionado à partida, tendo já ficado em lágrimas quando dava uma das suas últimas entrevistas na prova que o transformou em voltista.

Também Tiago Machado, de 36 anos, fica na história da Volta, permanecendo como recordista de vitórias na classificação da juventude, que conquistou entre 2007 e 2009, o ano em que também foi quinto na geral, antes de dar o salto para o WorldTour.

Já Micael Isidoro, de 40 anos, despede-se sem nunca ter vencido uma etapa na Volta, na qual participou 11 vezes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.