A seleção de futebol de praia regressou esta terça-feira a Lisboa, depois de conquistar a medalha de bronze nos Jogos Europeus de Baku.

Com muitos sorrisos e boa disposição, a comitiva lusa foi recebida ao final da manhã pelo presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino. E se o bronze é motivo de festa para todos, é igualmente um 'tónico' para o Mundial que se vai realizar no próximo mês, em Espinho.

"Tivemos três semanas de trabalho muito intenso nas quais conseguimos ganhar rodagem para o Mundial que aí vem, conseguimos ganhar seis jogos, o que nos deu uma pontuação muito boa para o ranking FIFA, conseguimos a qualificação para a fase final da Liga Europeia e conseguimos uma medalha", lembrou o selecionador Mário Narciso, confessando que sonhava com uma medalha ainda superior ao bronze.

Virada a página de Baku2015, o técnico sublinha a confiança numa boa prestação na prova que vai decorrer em Espinho. "Esperamos o melhor. Temos uma equipa com excelentes jogadores e que nos permite pensar numa classificação no pódio. Pressão acrescida com esta medalha? Não, penso que não. Cada prova é uma prova e esta está encerrada. Agora estamos já focados na próxima prova que é o Mundial", frisou.

O discurso do selecionador foi partilhado por Belchior, um dos heróis na conquista da medalha de bronze. "O nosso objetivo era ganhar a medalha de ouro, mas por aquilo que mostrámos nestes Jogos Europeus acho que merecíamos um pouco mais. Faltou um pouco mais de sorte", começou por dizer o internacional português, analisando de seguida o próximo Mundial: "A responsabilidade é sempre a mesma. Vai ser muito importante para o futebol de praia nacional e vamos dar tudo por tudo para conseguir o melhor resultado aqui em casa. Vamos tentar chegar o mais longe possível."

Por fim, Pedro Dias, diretor da Federação Portuguesa de Futebol, salientou aos jornalistas a "expectativa muito positiva" para o Mundial que se avizinha. "Foi uma participação muito positiva. Estamos a preparar a participação no Campeonato do Mundo que se realiza em nossa casa. Temos consciência da importância e estamos a tentar que a nossa seleção chegue bem preparada aos momentos das decisões", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.