Pedro Passos Coelho, primeiro ministro de Portugal, teceu rasgados elogios à seleção de futebol de praia, que venceu no passado domingo em Espinho o Mundial de Futebol de Praia.

"Foi a primeira desde que disputamos as provas da FIFA que Portugal se sagrou campeão de uma final organizada pelo organismo. O que é uma coisa extraordinária. Fico muito satisfeito", disse o primeiro-ministro esta segunda-feira em São Bento na receção aos atletas que vão participar nos Special Olympics.

Convidado a comparar os resultados do futebol de praia, com os do futebol dentro dos relvados, Pedro Passos Coelho espera que o título mundial nas praias de Espinho constitua um estímulo adicional para os futebolistas serem mais concretizadores dentro dos relvados.

“Já estivemos próximos de chegar a títulos, mas acabou por ser na praia que obtivemos esse resultado. Pode ser que a vitória constitua um estímulo adicional para os atletas. Apesar que não termos conseguido ainda um resultado no futebol, não deixa de ter trazido muitos alegria aos portugueses, espero que no futuro nos deixemos sentir inspirados por esse resultado e sejamos mais concretizadores dentro do relvado”.

O líder do governo espera que o facto de “estarmos em alta” no desporto seja um “bom pronúncio para a participação portuguesa nos Special Olympics.

A competição realiza-se entre 25 de julho a 2 de agosto, em Los Angeles.

A seleção portuguesa derrotou o Taiti na final da competição disputada em Espinho e conquistou o seu segundo título mundial, primeiro título com o crivo da FIFA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.