Portugal venceu, esta quinta-feira, o Japão por 4-2 na estreia do Campeonato do Mundo de Futebol de praia que está a decorrer em Espinho. Os golos de Portugal foram apontados por Madjer (2), Alan e Bernardo Martins.

Perante um grande ambiente e um estádio a abarrotar, a partida começou com Portugal a dominar, e logo aos três minutos a seleção das quinas chegou ao golo através do inevitável Madjer (3 minutos), na sequência de um livre. A seleção nipónica manteve-se mais recolhida no seu reduto, e só no segundo tempo começou a “sair da casca”, com o guardião Andrade a ser chamado a intervir em diversas ocasiões.

Um pouco contra a corrente do jogo, Portugal marcou o segundo tento por intermédio de Bernardo Martins (18'). Num lance dividido a bola sobrou para o jogador português que sem contemplações disparou sem hipóteses para o guardião Terukina.

Quase ao cair do pano do segundo tempo, Belchior através de um pontapé de bicicleta esteve perto de ampliar vantagem. Mas o terceiro golo acabou mesmo por surgir num remate cruzado do 7 português (Madjer já leva 81 golos em campeonatos do mundo e é o melhor marcador de sempre). Ainda antes do final do segundo período, o Japão reduziu por Haraguchi (22').

No terceiro período, o Japão reequilibrou o jogo. Belchior foi o mais inconformado e quase abanou o estádio com um tiro ao poste. Na sequência de uma falta perto da área de Portugal, Matsuo (31 minutos) aproveitou a defesa incompleta de Andrade para na recarga fazer o 3-2.

Portugal soube controlar as ocorrências e acabou por selar a vitória com um golaço de Alan a 1m30s do término da partida. O jogador luso-brasileiro com um tiraço de fora da área arrumou com a questão.

Portugal conquistou os três pontos e isolou-se provisoriamente no 1º lugar do Grupo A. Às 16 horas defrontam-se Argentina e Senegal a contar para o mesmo grupo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.