A Argentina sagrou-se hoje campeã do mundo de futsal pela primeira vez, ao vencer a Rússia por 5-4, numa final inédita disputada em Cali, na Colômbia.

Depois vencer Portugal nas meias-finais, por 5-2, o conjunto sul-americano, que não estava entre os principais favoritos no início da competição, esteve em desvantagem por 1-0, mas deu a volta com golos de Vaporaki e Brandi (dois cada) e Cuzzolino.

Na final, a Argentina voltou a evidenciar grande consistência na defesa – sofreu apenas 11 golos em toda a competição –, desta vez perante o ataque mais produtivo do Mundial, com média de 5,6 golos por jogo, muito à custa dos brasileiros naturalizados Robinho, Rômulo e Éder Lima.

Este é o primeiro título da Argentina e a primeira vez que Brasil, com cinco troféus, ou a Espanha, com dois, não são vencedores.

Na disputa do terceiro lugar, Portugal perdeu com o Irão, por 4-3, no desempate por grandes penalidades, depois da igualdade 2-2 registada no fim do tempo regulamentar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.