O Benfica falhou, este domingo, a qualificação para a fase final da UEFA Futsal Cup, ao perder com os georgianos do Iberia Star por 7-4 e terminar em terceiro lugar do grupo D de apuramento.
Com a competição a qualificar apenas o primeiro de cada um dos quatro grupos, o Benfica iniciou na quinta-feira o apuramento do seu grupo, em Tbilissi, com os húngaros do Gyor, os italianos do Luparense e os georgianos do Iberia Star.
As “contas” começaram logo mal para a equipa campeã portuguesa, treinada por Paulo Fernandes, que no primeiro jogo, com o Gyor, esteve a vencer por 3-0 a cinco minutos do final e deixou-se empatar.
Hoje, e depois de ter vencido na segunda jornada o Luparense por tangenciais 3-2, o Benfica estava praticamente obrigado a vencer o Iberia, equipa recheada de jogadores brasileiros, que mostrou ser a melhor do grupo e acabou por vencê-lo.
A equipa anfitriã saiu para o intervalo com uma vantagem de dois golos (4-2), depois de Augusto (02 minutos), Romário (12), Rafa (16) e Lúcio (20) marcarem para o Iberia, enquanto do lado do Benfica foi Marinho a bisar (10 e 19 minutos),
No segundo tempo, os “encarnados” conseguiram voltar ao jogo e à discussão do resultado, com Marinho a fazer o seu “hat-trick” logo aos 21, e Nene a igualar a 4-4 aos 27.
Nos três minutos finais o Iberia sentenciou a partida: Augusto bisou de grande penalidade (37 minutos), Rafa também fez o seu segundo (39) e Roninho (40) castigou a equipa portuguesa, fechando o encontro em 7-4.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.