A seleção portuguesa de futsal defronta hoje a congénere da Sérvia, em jogo dos oitavos de final do Mundial da modalidade, com o intuito de confirmar o teórico favoritismo e assegurar um lugar nos ‘quartos’.

Líderes do Grupo C, com sete pontos conquistados, resultantes de duas vitórias frente a Tailândia (4-1) e Ilhas Salomão (7-0) e um empate com Marrocos (3-3), os campeões europeus encaram o terceiro classificado do Grupo F no arranque da fase a eliminar.

Depois de dois desaires iniciais, com Irão (3-2) e a campeã mundial Argentina (4-2), os sérvios asseguraram um lugar nos oitavos de final ao golear, na derradeira jornada, os Estados Unidos (7-0), prometendo dar luta a Portugal por um lugar na fase seguinte.

Não sendo um adversário desconhecido dos portugueses, pois já se defrontaram oito vezes na última década, o saldo é bastante favorável à equipa das ‘quinas’, com sete triunfos e um desaire (1-3), ocorrido no Europeu em 2016, onde a Sérvia jogou em casa.

Não obstante, os encontros saldam-se sempre por algum equilíbrio, o que levou Jorge Braz a destacar, durante a antevisão ao encontro, a “maturidade competitiva” e a objetividade do adversário, tornando-se difícil “ganhar duelos no confronto físico”.

Os últimos encontros entre as duas formações datam de 2018, em dois particulares ganhos por Portugal, por 3-2 e 3-1, sendo os derradeiros ‘a valer’ em 2016, quando os lusos garantiram um lugar no Mundial desse ano, ao vencer o ‘play-off’ por duplo 2-1.

O encontro entre Portugal e a Sérvia, dos ‘oitavos’ do Mundial de futsal, disputa-se às 20:00 (18:00 em Lisboa), na Zalgirio Arena, em Kaunas. O vencedor joga, nos ‘quartos’, com Espanha ou República Checa, que se defrontam à mesma hora, na capital Vilnius.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.