O Belenenses tem vindo a atingir as finais das principais competições nacionais de futsal. A verdade é que, chegado a esse ponto, acabava por perder nos momentos-chave.

Este domingo, a história foi outra e o técnico do Belenenses, Alípio Matos, realçou esse facto: “Finalmente as coisas caíram para o lado do Belenenses como eu andava a dizer há muito tempo. Hoje caiu com mérito e com justiça. O jogo foi todo ele bem disputado, o Benfica é uma equipa fantástica, o campeão europeu em título e isso dá muito mérito à equipa do Belenenses. Nós éramos a equipa do quase. Hoje não deixámos de ser a equipa que somos, mas a diferença é que hoje ganhámos”.

O treinador do Benfica, André Lima, criticou o facto de o Belenenses ter jogado durante largos minutos utilizando a estratégia do cinco para quatro, adiantando o guarda-redes. Alípio Matos refutou as críticas do seu homólogo encarnado: “Não tenho que comentar o que o meu colega de profissão diz. Mas só acho graça é porque é que o Benfica queria o Marcão o ano passado. Talvez pudessem perguntar isso, ele esteve quase a ir para o Benfica. As normas são estas, cada equipa utiliza o que quer. No Brasil jogam muito assim. Nós jogámos para ganhar. Quem não estiver preparado para jogar contra equipas que jogam assim, se calhar deviam preparar-se melhor. Vamos dar valor às coisas, não vamos diminuir o mérito porque é feio”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.