O ala Miguel Ângelo quer “aproveitar ao máximo” a oportunidade “de última hora” de participar no Europeu de futsal com a seleção portuguesa, que se concentrou hoje numa unidade hoteleira, na véspera da viagem para os Países Baixos.

A comitiva parte no domingo, por volta das 12:50, do aeroporto de Lisboa, rumo a Amesterdão onde fará, na quarta-feira, a estreia no Europeu, frente à Sérvia, numa convocatória em que Miguel Ângelo substituiu o lesionado Cardinal nos 14 eleitos.

“Recebi esta chamada com um misto de sentimentos. Triste pela lesão e ausência do Cardinal, mas também como uma oportunidade de última hora que me surgiu e que vou tentar aproveitar ao máximo, com todas as minhas forças”, explicou o jogador portuense, em declarações reproduzidas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O guarda-redes Edu e o fixo André Coelho também receberam resultados positivos ao coronavírus SARS-CoV-2, sendo que o primeiro – que tinha ficado fora do Mundial pelo mesmo motivo – foi substituído por Bebé, enquanto o segundo se juntará mais tarde.

“Estamos tristes com as situações de ontem [sexta-feira], como é óbvio, mais pelo Edu, que vai falhar a competição. No entanto, vamos com muita motivação e ainda com mais vontade para poder dedicar vitórias ao Edu”, realçou Miguel Ângelo, do Sporting.

Com poucos treinos feitos no estágio de preparação, Miguel Ângelo lembrou que está “habituado a esta família e não há necessidade” de se voltar a integrar no grupo, com a esperança de que desfrutará do momento, após participar na conquista do Mundial.

Em relação aos objetivos da equipa das ‘quinas’ para esta competição, na qual vai defender o cetro continental conquistado em 2018, na Eslovénia, o ala, de 27 anos, coloca Portugal entre um dos “candidatos fortes”, mas alertou para o facto de todos terem “os olhos postos” e quererem dificultar a vida da equipa de Jorge Braz na prova.

“Queremos ir em busca de um título novamente. Pessoalmente, vou à procura de um título inédito. Sabemos das dificuldades que vamos ter pela frente desde o primeiro jogo e, por isso, temos de dar tudo para representar da melhor forma Portugal”, frisou.

O Europeu2022 de futsal disputa-se em Amesterdão e Groningen, entre 19 de janeiro a 06 de fevereiro, com 16 seleções divididas em quatro grupos. Os dois primeiros classificados de cada grupo qualificam-se para os quartos de final.

Portugal está integrado no Grupo A, juntamente com os anfitriões, a Sérvia e a Ucrânia, tendo estreia marcada para 19 de janeiro, diante dos sérvios, antes de defrontar os Países Baixos, em 23, e a Ucrânia, em 28.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.