Nuno Dias fez a antevisão da partida da Supertaça com o Benfica. O treinador dos "leões" rejeitou favoritismos e sublinha que o jogo vai ser decidido por pormenores.

"O favoritismo é relativo. Somos os vencedores do Campeonato e da Taça, mas não há favoritos. É um jogo que se decide num pormenor. Num momento de desconcentração podemos deitar tudo a perder. Num dérbi não há favoritos. Estamos cientes das dificuldades que vamos encontrar".

Questionado sobre o estado atual do futsal português, o técnico considera que todos estão de parabéns, depois do quarto lugar da seleção portuguesa no Campeonato do Mundo que foi disputado na Colômbia.

"Os resultados são fruto do trabalho que se tem feito no futsal português, tanto a nível de treinadores, jogadores e dirigentes".

Sobre o facto da partida Supertaça se disputar num jogo, Nuno Dias sublinhou que a equipa tem que ser pragmática contra "uma equipa com excelentes executantes".

"Temos que ser pragmáticos em alguns momentos, estar preocupados em não errar, o que pode não ser bom. Da nossa parte, o que nós desejamos é estarmos preocupados em fazer bem. Vamos querer vencer. Quem está no Sporting não pode pensar de outra maneira. Mas não nos chega, queremos jogar bem.

Dificuldades frente ao Benfica?

"As dificuldades que eu espero são inerentes a uma grande equipa que tem excelentes executantes. Só um Sporting ao melhor nível poderá ganhar. O Benfica reforçou-se com excelentes executantes. Enganem-se aqueles que pensam que as diferenças são enormes".

A Supertaça disputa-se este sábado em Loulé. O encontro tem início às 18h15. Nuno Dias confirmou as ausências do guardião André Sousa e de Pany.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.