“Depois de algum tempo de reflexão acabei por aceitar, primeiro porque foi este país que me abriu as portas para ser profissional e segundo porque tenho a perfeita noção que Portugal tem uma excelente selecção, como ficou provado agora no Europeu, com um leque de opções muito vasto, o que dificulta uma possível convocatória. Além disso, vou representar a selecção de um país que sinto como segunda nação”, explicou o jovem de 24 anos.

Ao fim de dois anos a competir em solo romeno, primeiro no City Us Targu Mures e agora no Design Construct Brasov, Paulo Ferreira aproveitou a oportunidade dada pela federação romena e “é com muito orgulho” que nos dias 23 e 24 de Fevereiro vai defender as cores romenas nos particulares com a Eslovénia.

Paulo Ferreira venceu, ao serviço dos City Us, duas taças romenas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.