A estreia da seleção lusa no Europeu de futsal ficou marcada não só pela vitória diante da Eslovénia por 6-2, mas também por Ricardinho ter chegado ao golo 100 pela seleção. O internacional português congratula-se pelo feito, mas diz que nem se lembrou no momento.

“É uma marca fantástica. Não é fácil chegar ao golo 100 em apenas 120 internacionalizações. Foi o Pedro Cary que me lembrou, até me deu os parabéns no momento. Estava 1-1 eu nem estava muito a pensar nesse aspeto”, confessou, em declarações à Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Ricardinho lembra que tal facto podia ter acontecido durante os jogos de preparação em Rio Maior, mas diz que parecia que “este momento estava guardado para ser no Europeu”.

O golo 100 ficou marcado pela magia do jogador ao ser concluído de calcanhar. Ricardinho, que foi alvo de uma marcação individual, diz que foi a forma que encontrou para iludir a “sua namorada”.

“Foi uma boa jogada, já tinha combinado com o Pedro Cary. O jogador que hoje me marcou foi mais do que uma namorada para mim. Eu sabia que ele estava sempre a tentar tapar o meu melhor pé. Lembrei-me de dar de calcanhar, saiu bem. Foi muito importante a vitória e a imagem que deixámos”, concluiu.

Portugal volta a entrar em ação este sábado diante da anfitriã Sérvia para decidir quem termina o Grupo A em primeiro lugar.

Veja o golo 100 de Ricardinho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.