Ricardinho foi distinguido como o melhor jogador do Mundial de futsal de 2021, que Portugal conquistou hoje pela primeira vez, ao vencer na final a Argentina, por 2-1, em Kaunas, na Lituânia.

O capitão da seleção portuguesa ficou à frente de Pany Varela, seu colega de equipa. Douglas, do Cazaquistão, foi o terceiro melhor do torneio.

Ricardinho, de 36 anos, foi igualmente considerado o melhor nos Europeus de 2007 e 2018, e na carreira foi distinguido seis vezes como o melhor jogador de futsal do mundo, em 2010, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

O melhor marcador do Mundial de 2021 foi o brasileiro Ferrão, como nove golos, seguido de Pany Varela, segundo ‘artilheiro’ da prova, com oito.

Nos restantes prémios, a seleção cazaque, que Portugal afastou nas meias-finais (2-2 após prolongamento e 4-3 no desempate por grandes penalidades), recebeu o prémio de ‘fair-play’, e Sarmiento, da Argentina, foi eleito o melhor guarda-redes.

Premiados do Mundial de futsal 2021

Ricardinho (Portugal) - Melhor Jogador do Mundial

Pany Varela (Portugal) - Segundo Melhor do Jogador do Mundial

Douglas Júnior (Cazaquistão) - Terceiro Melhor Jogador do Mundial

Higuita (Cazaquistão) - Prémio fair play

Taynan (Cazaquistão) - Bota de Bronze (terceiro melhor marcador)

Pany Varela (Portugal) - Bota de Prata (segundo melhor marcador)

Ferrão (Brasil) - Bota de Ouro (melhor marcador)

Samiento (Argentino) - Melhor guarda-redes do Mundial

A seleção portuguesa de futsal sagrou-se hoje pela primeira vez campeã mundial, ao vencer por 2-1 a Argentina, que detinha o título, na final do Campeonato do Mundo de 2021, disputada em Kaunas, na Lituânia.

Portugal chegou a deter uma vantagem de dois golos, graças ao ‘bis’ de Pany Varela, aos 15 e 28 minutos, mas a seleção sul-americana, que defendia o título mundial conquistado em 2016, na Colômbia, reduziu por Claudino, aos 28, e manteve a incerteza até ao fim.

Portugal, que tinha como melhor resultado de sempre na competição o terceiro lugar alcançado em 2000, na Guatemala, tornou-se o quarto país a erguer o troféu, depois de Brasil, Espanha e Argentina, juntando o título mundial ao europeu, que conquistou, também pela primeira vez, em 2018, na Eslovénia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.