A seleção portuguesa de futsal feminino voltou hoje a vencer a Ucrânia, agora por 4-0, no segundo de dois jogos disputados em Rio Maior, de preparação para o apuramento para o Euro2022.

Depois de, na quarta-feira, o embate ter resultado numa goleada, por 8-1, o desafio de hoje foi mais equilibrado, embora sempre com domínio português, apenas contrariado em esporádicos contra-ataques das rivais do Leste Europeu.

O primeiro tento surgiu aos 08 minutos, fruto da pressão ofensiva que resultou num mau alívio, aproveitado para uma triangulação culminada com forte remate de Lídia Moreira, com a bola a ir à trave e a cair já após a linha fatal.

O desperdício português sofreu uma pausa aos 23 minutos, já no segundo tempo, na sequência de um canto com passe atrasado para o disparo de Fifó, que beneficiou do facto da guarda-redes estar algo tapada por várias jogadoras.

Viktoriia Sahaidachna foi, aliás, uma guarda-redes de muitos recursos a evitar um resultado mais volumoso: ainda assim, impotente quando, aos 36 minutos, Ana Pires lhe apareceu pela frente e ‘fuzilou’ para o 3-0.

A dois minutos do fim, e com a Ucrânia a jogar com guarda-redes avançada, uma perda de bola ofensiva permitiu um contra-ataque rápido com Ana Azevedo a atirar para a baliza deserta, aos 39, e sentenciar o encontro.

No computo dos dois jogos, Portugal marcou 12 golos e sofreu somente um neste duplo teste com a Ucrânia.

Portugal prepara a participação no grupo 2 da fase de qualificação para o campeonato da Europa, no qual defronta a anfitriã Croácia, a Polónia e a Eslovénia, sendo que apenas o vencedor avança para a fase final, que decorre de 19 a 24 de outubro de 2022 em Kraslovac.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.