Cinco golfistas portugueses qualificaram-se hoje para as duas voltas finais do Open da Madeira, mas estão longe da liderança da prova do circuito ‘challenge’ europeu, que se disputa no campo do Santo da Serra, no Machico.

O melhor português é Filipe Lima, que subiu 41 posições, e está entre os 11.os classificados, depois de hoje ter feito uma volta de 68 pancadas (quatro abaixo do par), apresentando um agregado de 138 (-6).

Ricardo Melo Gouveia, líder do ‘Challenge Tour’, caiu para o grupo dos 29.os classificados, depois de ter feito uma ronda igual ao par e ter um total de 140 ‘shots’ (quatro abaixo do par).

Empatados na 55.ª posição, última dentro do ‘cut’, com um total de 142 pancadas (duas abaixo do par), estão Tiago Cruz, Pedro Figueiredo (ambos com uma volta de 69, três abaixo) e Ricardo Santos, que tinha sido o melhor português na primeira ronda, mas hoje fez quatro pancadas acima do par.

Fora das rondas finais ficaram João Carlota, 66.º, com um total de 143 pancadas (uma abaixo do par), o amador Tomás Bessa, 103.º, com 146, Gonçalo Pinto, 121.º, com 148, o amador Carlos Laranja, 127.º, com 149, e João Pedro Sousa, 151.º, com 154.

Na liderança seguem o inglês Sam Walker e o sueco Pontus Widegren, ambos com um total de 133 pancadas (11 abaixo do par), menos uma do que o espanhol Antonio Hortal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.