Com 16 votos a favor e quatro contra, o candidato Hirondino Garcia foi eleito, em Luanda, presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP), para o quadriénio 2016/2020.

O líder da Lista B e vice-presidente do elenco cessante (substitui Carlos Alberto Jaime “Calabeto”) derrotou o antigo praticante Dionísio Viegas (lista A).

Associações e clubes dos círculos eleitorais das províncias de Luanda, Huíla, Namibe, Benguela e Huambo participaram no pleito num total de 20 votantes.

Depois de percorrerem, durante onze dias, por algumas províncias do país, tempo que durou a campanha eleitoral, para apresentarem os seus programas às associações hoje ficou conhecido o sétimo líder da FAP, que tem na presidência da mesa da assembleia José Pedro de Morais.

Hirondino Garcia será coadjuvado por Damásio Caissara.

O vencedor, embora seja uma lista de continuidade, propõe-se nos próximos quatro anos trabalhar numa gestão mais participativa e apostar nos escalões de formação.

Também advoga que os clubes e as Associações devem tomar parte das decisões, prometendo torna-las colegiais e inclusivas, para conseguir uma gestão melhorada da FAP.

Em relação ao ato da capital do país, nas instalações da FAP, a comissão eleitoral presidida por Ilídio Cândido, integrada por João Francisco (secretário), e Eleutério de Almeida (vogal) viram-se confrontados com protestos da parte derrotada, que alegam ter enviado um documento de “impugnação” ao Ministério da Juventude e Desportos (MJD), com alegações de “irregularidades” na condução do processo.

O referido grupo, que abandonou a sala antes da votação, era liderado pelo antigo árbitro de futebol Dionísio de Almeida. O pleito foi acompanhado por um representante do MJD.

Nos últimos 12 anos, a federação foi liderada por Carlos Alberto Jaime " Calabeto". O novo elenco toma posse esta sexta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.