Os jogadores de hóquei em patins da equipa do Trissino, de Itália, nos quais jogam os portugueses Reinaldo Ventura e Diogo Neves, vão avançar para processos judiciais para que lhes seja pago o valor salarial em dívida.

Fontes próximas dos jogadores confirmaram à agência Lusa que clube e jogadores não conseguiram chegar a acordo em relação ao pagamento (nem ao valor) da quantia em dívida e, por isso mesmo, os atletas vão avançar para outras formas para garantir que os salários sejam pagos.

O Trissino anunciou aos atletas que não vai pagar os últimos três meses, uma decisão que não agradou a todos. Mesmo assim, e em contrapartida, os jogadores fizeram uma nova proposta, na qual se mostravam dispostos a reduzir os respetivos salários. No entanto, o clube não aceitou.

Em Itália, já foi confirmado o final do campeonato de hóquei em patins esta época, devido à pandemia da covid-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.