O guarda-redes de hóquei em patins do Paço de Arcos, Énio Abreu, que estava internado há um mês na Madeira, morreu hoje com 20 anos, informou o clube lisboeta.

“É com profundo pesar e consternação que informamos que o nosso amigo e colega Énio Abreu, após uma árdua luta pela sobrevivência e no dia em que fez precisamente um mês de internamento, não conseguiu sobreviver à provação em que se encontrava”, pode ler-se na página oficial do Paços de Arcos.

O jovem guardião, que atuava na equipa B do clube, faleceu no Hospital Central da Madeira, local onde foi internado devido a uma gripe, que passou a pneumonia e acabou por ser fatal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.