Luís Sénica garante que Portugal está na linha da frente no que toca ao hóquei em patins europeu. Em entrevista ao jornal ‘Record’, o selecionador de Portugal revelou que todo o continente europeu tem de estar rendido ao hóquei em patins português.

Para o português, além do Campeonato da Europa, as conquistas dos clubes ajudam a modalidade a ganhar estatuto.

“Portugal domin a Europa e temos de juntar, porque é justo, a vitória na Liga Europeia, pelo Benfica, e na Taça CERS, pelo OC Barcelos. Portugal está no topo da modalidade. Ganhou mais vezes, em períodos mais curtos, uma vez que aconteciam em períodos mais longos”.

Sobre a possibilidade de somar o título de campeão do mundo ao título europeu, Luís Sénica admite que Portugal pode ‘sonhar’ e que vai estar com a seleção no Mundial da China no próximo ano.

“Esta vitória, e todas as outras alcançadas, que deram colorido ao hóquei em patins, são uma ponte e o céu é o limite. Se não houver nada de anormal nesta conjuntura, é uma ponte para o futuro e isso passa pelo Mundial. Já recebi do Ministério da Educação a requisição para a minha continuidade na Federação por mais um ano. Portanto, mesmo que tenha de regressar à escola farei sempre o Campeonato do Mundo”.

A equipa portuguesa de Luís Sénica sagrou-se campeão da Europa em Oliveira de Azeméis. A equipa portuguesa fez uma prova perfeita em que não perdeu nenhum jogo. Na final, Portugal bateu a Itália, um das grandes favoritas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.