O treinador de hóquei em patins do FC Porto reagiu esta sexta-feira ao protesto do Benfica de não marcar presença na 'final four' da Taça de Portugal, e manifestou alguma esperança no recuo da posição dos 'encarnados'.

Em declarações à TVI, Guillem Cabestany lamentou naturalmente a posição dos encarnados em não marcar presença na meia-final da 'final four' da Taça de Portugal contra o FC Porto, e garantiu que o seu grupo está concentrado na competição apesar do ruído criado pela decisão do Benfica.

"O que o Benfica faz, eles é que sabem. Nós vamos estar aqui uma hora e meia antes do jogo, treinamos a pensar na meia-final, vamos seguir o nosso caminho, com o trabalho habitual. Temos de nos focar no jogo, o que está a acontecer pode desfocar-nos do jogo e eu como treinador o meu trabalho é que os jogadores estejam plenamente focados no jogo", começou por dizer o técnico do FC Porto.

"O jogo está pendente, nós sabemos disso, mas os jogadores estão conscientes que é uma meia-final com um rival muito forte. Se acontecer, esperamos que venham, será difícil ganhar. Se o Benfica não vier, não fica uma imagem bonita, mas vamos acreditar que vão refletir e vão estar aqui", sentenciou o técnico espanhol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.