O canoísta português Antoine Launay é o representante luso no campeonato da Europa de slalom, em Praga, entre sexta-feira e domingo, e assumiu à Lusa a vontade de "fazer ‘top-5’" na competição.

Já apurado para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para 2021 devido à pandemia de covid-19, o atleta de 27 anos quer "fazer uma boa qualificação" na primeira fase, até por estar sem competir desde março.

"Depois, na final, disputada entre os 15 melhores, quero fazer ‘top-5’. Tenho a expectativa de confirmar as boas sensações e voltar a ter ritmo de competição. Depois ainda vou disputar duas Taças do Mundo, uma na Eslovénia e outra em França, mas ainda não estão certas" devido à pandemia, conta.

Sétimo no Mundial de 2019, apurando-se em K1 para Tóquio2020 com esse resultado, Launay assume que o período de confinamento "foi complicado", por ter estado "sem contacto com a água e o barco", só a fazer "um pouco de ginástica em casa", mas já está "muito melhor" e a procurar o melhor ritmo para o regresso.

"Estou muito orgulhoso por fazer esta competição, com o apoio do Comité Olímpico de Portugal. Porque eu a treinar para os Jogos Olímpicos preciso de competir", afirma.

A prova servirá como primeiro grande teste às condições dos países europeus na canoagem slalom e aos efeitos da pandemia de covid-19 no quadro competitivo, com Launay a destacar que "na República Checa se conseguiu que os atletas não parassem".

Reputados como os melhores do mundo nesta vertente do desporto, os checos tiveram, assim, "sempre a treinar" e "a preparação é diferente" nessas condições. "Mas no fim... vamos a ver", desafia o atleta do Darque KC.

Organizado pela Associação Europeia de Canoagem, o Europeu de slalom conta com várias ausências de peso devido à pandemia, com ingleses e eslovacos a encabeçarem a lista de seleções que se recusaram a confirmar.

A prova em si estava inicialmente prevista para maio, em Londres, passando para a capital checa e o próximo fim de semana reunirá atletas de 20 países europeus no curso artificial de Troja, decorrendo sem a presença de público.

Antoine Launay, a treinar há duas semanas na capital checa, é o único português, participando em K1, com a qualificação marcada para sexta-feira, primeiro dia de provas, seguida das finais no sábado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.