Alexey Voievoda, integrante da equipa russa de bobsleigh nos Jogos Olímpicos Sochi2014, é o mais recente atleta castigado por ‘doping’, no quadro da dopagem generalizada praticada pela Rússia nos últimos anos.

O Comité Olímpico Internacional (COI), com base nas conclusões da Comissão Oswald para o 'doping' de estado na Rússia, bane Voievoda das futuras edições de Jogos Olímpicos de Inverno. Entretanto, já tinha perdido as medalhas de ouro de bobsleigh de dois e de quatro, em função das sanções já aplicadas aos seus companheiros de equipa, nomeadamente Aleksandr Zubkov, que com ele esteve no bobsleigh de dois.

Com este caso, eleva-se para 32 o número de desportistas russos desclassificados de Sochi2014 e castigados, com base das conclusões da Comissão Oswald. No total, a Rússia já perdeu assim 11 medalhas (um terço das que ganhou) e deixou de ser o país mais medalhado.

A Comissão Oswald foi nomeada pelo COI após ser conhecido um sistema organizado de 'doping' na Rússia, que terá vigorado de 2011 a 2015. Seguiu-se aos dois relatórios assinados pelo canadiano Richard McLaren, mandatado pela Agência Mundial Antidopagem.

Para PyeongChang, a Rússia continua a não poder competir, mas alguns atletas considerados 'limpos' vão ser autorizados a estar na Coreia do Sul, a título individual. Um painel presidido pela antiga ministra dos Desportos de França, Valérie Fourneyron, vai elaborar essa lista.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.