Os Tampa Bay Buccaneers conquistaram no domingo pela segunda vez o Super Bowl, ao vencerem os Kansas City Chiefs, que defendiam o título de campeões da liga norte-americana de futebol americano (NFL), por 31-9.

Um jogo condicionado pela pandemia da COVID-19, mas que não deixou de ser um grande espetáculo, adeptos (os possíveis) no recinto, festa dentro e fora de campo, o tradicional 'half time show' e, este ano, mesmo com toda a segurança à volta do encontro, uma invasão de campo.

No fim, os Buccaneers fizeram a festa - os jogadores em campo e os adeptos nas ruas - e Tom Brady, estrela maior do conjunto vencedor, festejou a conquista do seu sétimo anel, aos 43 anos. E, claro, recebeu ainda em campo as felicitações da sua esposa, a modelo brasileira Gisele Bundchen.

VEJA A GALERIA COM AS MELHORES IMAGENS DO SUPER BOWL LV

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.