O colombiano Fernando Gaviria (QuickStep-Floors) e o belga Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo), que tinham vencido duas etapas, abandonaram hoje a Volta a França em bicicleta, no decorrer da 12.ª etapa.

A dureza daquela que é considerada a etapa rainha do Tour está a ser complicada para os 'sprinters', com Gaviria e Groenewegen, que tinham dividido com o eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe) as vitórias nas etapas mais planas, a serem as duas principais 'vítimas'.

Também o alemão Andre Greipel (Lotto-Soudal) abandonou a corrida, depois de o seu compatriota Marcel Kittel (Katusha-Alpecin) e de o britânico Mark Cavendish (Dimension Data) terem chegado fora do controlo na véspera.

Estas desistências deixam Sagan mais perto de garantir a sexta camisola verde (por pontos) no Tour, uma vez que Gaviria e Groenewegen eram os mais diretos perseguidores.

A 12.ª etapa liga Bourg-Saint-Maurice ao Alpe d'Huez, num total de 175,5 quilómetros, nos quais os ciclistas terão de passar por três contagens de montanha de categoria especial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.