A judoca portuguesa Joana Ramos (-52 kg) foi hoje quinta classificada no ‘Grand slam’ de Abu Dhabi, ao perder no combate pela medalha de bronze com a israelita Gili Cohen no ‘prolongamento’, por ‘waza-ari’.

Joana Ramos acabou por conseguir a melhor prestação entre os portugueses no primeiro dia em Abu Dhabi, com Telma Monteiro a regressar aos ‘tatamis’, após os Mundiais em agosto, mas a perder logo no primeiro combate.

Nos -52 kg, Joana Ramos, 20.º do mundo, venceu o primeiro combate, mas saiu do quadro principal logo de seguida, ao encontrar a brasileira Erika Miranda (3.ª), judoca que venceu o grupo e relegou a portuguesa para a repescagem.

Com possibilidade de chegar ao bronze, a judoca do Sporting começou por vencer a britânica Kelly Edwards, mas frente a Cohen – com quem tinha um histórico empatado, de três vitórias e três derrotas -, cedeu no ponto de ouro.

Telma Monteiro, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Rio2016 e judoca portuguesa mais medalhada de sempre, não teve um regresso feliz após os Mundiais, ao perder com a alemã Amelie Stoll, uma adversária que nunca tinha defrontado, por ‘waza-ari’.

Uma má estreia foi também a do olímpico Sergiu Oleinic (-66 kg), derrotado o primeiro combate, bem como a de Leandra Freitas (-52 kg), fora de competição igualmente na estreia.

Na categoria mais leve, os -48 kg, com poucos judocas inscritos, num total de 15, Joana Diogo terminou em sétimo, com duas derrotas e uma vitória.

Portugal terá ainda em competição Jorge Fernandes (-73 k) e Anri Egutidze (-81 kg), na sexta-feira, e Yahima Ramirez (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg), no sábado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.