O atleta tonganês Pita Taufatofua voltou hoje a captar atenções na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang2018, na Coreia do Sul, ao desfilar em tronco nu, com a bandeira do seu país.

Indiferente às condições climatéricas, Taufatofua, que irá competir na modalidade de ‘cross-country’, repetiu o desfile de há cerca de dois anos, quando representou o Tonga nos Jogos Olímpicos de Verão Rio2016, em taekwondo.

“Não vou congelar. Eu sou de Tonga. Navegamos pelo Pacífico. Isto não é nada. É um pouco mais quente estar no Rio do que aqui, mas quando se consegue representar o país é sempre um bom momento", disse o porta-estandarte de Tonga, aos canais de comunicação de PyeongChang2018.

Taufatofua, que representa uma ilha tropical do Pacífico Sul onde não neva, apenas aderiu à modalidade de ‘cross-country’ no ano passado e a sua qualificação olímpica foi já à última da hora.

"É a coisa [cross-country] mais difícil que já fiz. O taekwondo é intenso, alguém tenta pontapear a nossa cabeça. A esquiar, sentimos dor por uma hora. É uma questão de sentir dor curta e dor longa, mas eu amo os dois desportos”, disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.