A Alfa Romeo apresentou hoje em Varsóvia o C41, monolugar com o qual o piloto finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi procurarão melhorar esta época o desempenho de 2020 no Campeonato do Mundo de Fórmula 1.

“Terminámos a temporada passada em oitavo lugar, pelo que temos de almejar um resultado melhor em 2021. Para isso, precisamos de continuar a melhorar em todas as áreas, na pista e na sede”, disse o diretor da equipa, Frédéric Vasseur.

A Alfa Romeo revelou, em comunicado, que “devido às restrições impostas pela pandemia [de covid-19], o carro mantém muitos dos componentes do seu antecessor, mas surpreende pelo seu aspeto renovado, nomeadamente, no que diz respeito ao nariz, zona em que a equipa preferiu focar o seu desenvolvimento”.

O monolugar, que manterá as cores vermelho e branco tradicionais da equipa, é uma evolução do C39, que na época passada terminou o campeonato em oitavo lugar, entre as 10 formações concorrentes.

“Todas as equipas na grelha têm expectativas muito altas. Todos esperam fazer um bom trabalho no inverno e estar em uma boa posição para a primeira corrida. Em breve todos mostrarão os seus trunfos”, acrescentou Vasseur.

O carro vai contar com um novo motor Ferrari e a Sauber Motorsport acompanhará a Alfa Romeo, continuando com uma relação que começou em 2018.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.