O francês Stéphane Peterhansel e o português André Villas Boas são dois dos mais conhecidos participantes entre os cerca de 400 inscritos na Baja de Portalegre, prova de encerramento do campeonato nacional de todo-o-terreno, anunciou hoje a organização.

O francês fará em Portugal a sua estreia com o Mini da X-Raid com que irá participar na próxima edição do rali Dakar, em 2019, juntamente com o seu companheiro de equipa, o espanhol Nani Roma, que está inscrito com outro Mini na prova do Automóvel Clube de Portugal.

Peterhansel é o único piloto a ter participado na Baja Portalegre em três categorias diferentes: carros, que venceu em 2008 com um Mitsubishi Racing Lancer, motos e nos SSV.

Já o antigo treinador de FC Porto ou Chelsea, André Villas Boas, regressa aos comandos de uma mota, depois de ter participado no Dakar de jipe e no rali de Marrocos num SSV.

Ao todo, são quase 400 inscritos de 24 nacionalidades que vão participar na Baja Portalegre 500 de 2018, entre carros, motos, quads e SSV, entre 25 e 27 de outubro.

Esta é a derradeira prova do Nacional de todo-o-terreno, com quatro pilotos ainda a poderem festejar. Hélder Oliveira, João Ramos, Tiago Reis e Pedro Ferreira estão na discussão do título dos jipes. Mas têm de contar com Ricardo Porém, que, apesar de não entrar nestas contas, venceu as últimas quatro edições e vai tentar o penta.

Já António Maio e Mário Patrão decidem entre si o título das duas rodas. João Monteiro pode sagrar-se campeão dos SSV.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.