O galês Elfyn Evans (Toyota Yaris) venceu hoje o rali da Turquia, quinta prova do campeonato do mundo, e ascendeu à liderança da classificação.

O piloto galês terminou com o tempo de 2:43.02,7 horas, deixando o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) na segunda posição, a 35,2 segundos. O francês Sébastien Loeb (Hyundai i20) foi terceiro, a 59,4 segundos do vencedor.

Elfyn Evans aproveitou os problemas sofridos por Sébastien Ogier no motor do seu Toyota Yaris para se destacar na classificação do campeonato, com 97 pontos, enquanto o francês mantém os 79 que tinha à partida desta prova e o estónio Ott Tänak (Hyundai i20), campeão em título, ainda conseguiu regressar este domingo depois da desistência no sábado e somar quatro pontos na ‘power stage’, chegando aos 70.

"Foi um fim de semana muito duro. Estivemos na luta na maior parte do fim de semana e, sábado à tarde, pensávamos que já não havia hipóteses de vencer. Mas tentámos guiar bem e manter-nos em pista", frisou o vencedor.

Evans aproveitou também um furo sofrido por Neuville, que atrasou irremediavelmente o belga.

"Fizemos o que nos competia. Merecíamos mais", lamentou o piloto da Hyundai, após um último dia marcado pela dureza do percurso do rali turco, com muitas pedras na estrada.

No campeonato das equipas, lidera a Toyota, com 174 pontos, enquanto a Hyundai tem 165 e a M-Sport 101.

A próxima ronda é o rali da Sardenha, de 08 a 11 de outubro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.