O Grande Prémio de França vai regressar ao Campeonato do Mundo de Fórmula 1 no próximo ano, no circuito de Paul Ricard, após uma década de ausência da categoria rainha do desporto automóvel, anunciaram hoje os organizadores.

O piloto brasileiro Felipe Massa, ao volante de um Ferrari, venceu a última edição do GP de França, em 2008, realizado no circuito de Magny-Cours, cuja continuidade foi suspensa devido a uma avultada dívida, que foi suportada pelo Estado francês e pelo poder local.

A presença da F1 em Paul Ricard é ainda mais antiga: o circuito, que está a ser alvo desde 2002 de obras de beneficiação orçadas em 80 milhões de euros, foi palco de 14 corridas, entre 1971 e 1990.

Os responsáveis franceses estimam que o custo total da organização da edição de 2018 ascenda a 30 milhões de euros, 14 atribuídos pelas autoridades locais e o restante proveniente das receitas diretas geradas pelo evento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.