O piloto checo Martin Prokop (Ford) é o primeiro líder do Rali da Sardenha, sexta prova do mundial, depois de ter sido hoje o mais rápido na superespecial de 2,5 quilómetros que abriu a prova italiana, em Cagliari.

Com o tempo de 2.23,7 minutos, o checo superou em 1,3 segundos o espanhol Dani Sordo (Hyundai), vencedor do ‘shakedown’ também realizado hoje, mas este acabou penalizado em 10 segundos, caindo assim para sétimo na geral.

Assim, o norueguês Andreas Mikkelsen (Volkswagen) ‘herdou’ o segundo posto, a 1,7 segundos de Prokop, sendo que o terceiro posto é partilhado pelo belga Thierry Neuville (Hyunday) e pelo estoniano Ott Tanak (Ford), ambos a 2,9 segundos do líder.

O bicampeão e líder do campeonato, o francês Sebastien Ogier (Volkswagen), acabou no sexto posto, com o mesmo tempo do companheiro de equipa, o finlandês Jari-Matti Latvala.

Quanto a Bernardo Sousa (Peugeot), terminou a primeira tirada como 23.º da geral, nono da categoria WRC2. O piloto português terminou a 13,4 segundos do líder da prova e 8,3 do líder da classe, o finlandês Esappeka Lappi (Skoda).

O Rali da Sardenha continua na sexta-feira na região de Oristano, onde se disputarão nove troços cronometrados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.