O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma Kalex, foi hoje o 17.º mais rápido nos treinos livres para o Grande Prémio de Itália de Moto2, sexta prova do Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade.

O vice-campeão mundial de Moto3, que subiu este ano à categoria intermédia, cumpriu a sua melhor volta ao circuito de Mugello – onde no ano passado venceu a corrida da classe inferior - com o tempo de 1.53,651 minutos, durante a segunda e última sessão de treinos livres.

Oliveira, que na primeira sessão ‘rodou’ em 1.55,532 minutos, gastou mais 707 centésimos do que o francês Johann Zarco, campeão de Moto2 em 2015, autor da melhor marca combinada dos treinos livres, com 1.52,944 minutos, imediatamente à frente do alemão Sandro Cortese, ambos em Kalex.

O japonês Takaaki Nakagami, ainda em Kalex, foi o terceiro mais veloz no circuito italiano, enquanto o líder do Campeonato do Mundo de Moto2, o espanhol Alex Rins, sempre em Kalex, obteve a 11.ª melhor marca do dia, a 355 centésimos de Zarco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.