O piloto português Miguel Oliveira (KTM) teve hoje um "dia bastante positivo" de testes em Brno, na República Checa, onde no domingo somou mais três pontos para o Mundial de MotoGP.

O piloto português rodou 54 voltas ao traçado checo, tendo ficado com o 15.º melhor tempo do dia, ao demorar 1.56,811 minutos como volta mais rápida, ao nível do que já tinha feito no fim de semana, durante os treinos livres.

"No geral, foi um dia bastante positivo", disse o piloto da KTM. "Estivemos muito perto do topo e do meio da grelha. Hoje, o objetivo não era fazer voltas rápidas, mas apenas testar as peças que a fábrica nos cedeu relativas ao quadro da mota, algumas coisas do motor. Detalhes que, por si só, não fazem a diferença, mas que, no conjunto, ajudaram-nos bastante a melhorar", explicou o piloto de Almada.

Miguel Oliveira ficou a 1,195 segundos do mais rápido do dia, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), mas a apenas 130 milésimas de segundo da melhor KTM, o espanhol Pol Espargaró, que registou o 14.º melhor tempo do dia.

A melhor volta do piloto português foi conseguida na 49.ª das 54 voltas efetuadas.

A próxima prova realiza-se na Áustria, já no domingo, com o Red Bull Ring a acolher a 11.ª jornada da temporada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.