O norueguês Andreas Mikkelsen (Volkswagen) arranca hoje para o primeiro dia 'a sério' do Rali de Portugal como líder da prova, depois de ter sido o mais rápido na superespecial da véspera, em Lousada.

Os pilotos têm frente seis provas especiais de classificação e Mikkelsen parte com meio segundo de avanço sobre o francês Sébastien Ogier, campeão do mundo e líder do Mundial, que terá a tarefa de abrir a estrada a partir das 09:40.

O terceiro homem da Volkswagen, o finlandês Jari-Matti Latvala, gastou mais oito décimos do que Mikkelsen, e vincou a superioridade que a marca alemã vai tentar transpor a sua superioridade para as seis classificativas de hoje, uma dupla passagem pelos troços de Ponte de Lima, Caminha e Viana do Castelo, num total de 128,68 quilómetros cronometrados.

Vencedor das três primeiras provas - Monte Carlo, Suécia e México -, Ogier ficou em branco na Argentina, devido a problemas mecânicos, e tenta agora regressar às vitórias em Portugal, o que, se acontecer, lhe permite igualar o recorde de cinco triunfos de Markku Alen.

Atrás dos homens da Volkswagen estão o polaco Robert Kubica (Ford Fiesta RS), a 1,4 segundos, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), a 2,1 segundos, e o britânico Kris Meeke, que terminou com mais 2,2 minutos, depois de há um mês, na Argentina, ter dado à Citroën a primeira vitória desde agosto de 2013.

O norueguês Mads Ostberg, segundo classificado do Mundial, gastou mais um décimo e fez o sétimo registo..

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.