O norueguês Andreas Mikkelsen, que se estreia ao volante de um Hyundai, comanda o Rali da Catalunha após as especiais do primeiro dia, com pouco mais de um segundo de vantagem sobre o francês Sébastien Ogier (M-Sport/Ford).

A prova, do Mundial de ralis, vai tendo como terceiro o inglês Kris Meeke (Citroen), a três segundos. Quanto aos principais rivais de Ogier pela vitória no campeonato, estão mais atrasados: o belga Thierry Neuville (a 17 pontos no campeonato) e o estónio Ott Tänak (a 33), são sétimo, a 12,8 segundos, e quarto, a 6,3, respetivamente.

Abrir a estrada, por ser líder do Mundial, não é bom, como foi hoje o caso, mas Ogier até que se saiu melhor do que o esperado e conseguiu mesmo ganhar a sexta especial. Das outras, duas foram para Meeke, uma para Tanak, uma para Mikkelsen e uma para o finlandês Latvala.

"Veremos como fica a folha de tempos no final, mas posso dizer já que estou contente com o que aconteceu", disse Ogier. "Pensava perder mais tempo, por ter de abrir".

A segunda etapa muda o figurino do rali, disputando-se em asfalto, novamente com seis especiais no programa, a terminar frente ao mar de Salou, onde está o parque de assistência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.