O piloto Miguel Oliveira (KTM) revelou-se hoje “entusiasmado” com a redescoberta do circuito de Phillip Island, na Austrália, no qual espera recuperar domingo um lugar no pódio do mundial de Moto2.

“O GP da Austrália é uma prova da qual realmente gosto e no qual já tive uma vitória com esta equipa, além de outro pódio. Estou bastante entusiasmado para descobrir o traçado com a moto de Moto2”, disse o almadense.

O português ocupa o quarto lugar no Mundial da classe intermédia, a 90 pontos do líder, o italiano Franco Morbidelli (Kalex).

Miguel Oliveira está a 66 pontos do segundo lugar, ocupado pelo suíço Thomas Luthi, e a 14 do terceiro, que pertence agora ao espanhol Alex Marquez.

O piloto português tem apenas três provas para recuperar um lugar no pódio: domingo na Austrália, em 29 de outubro em Sepang, Malásia, e em 12 de novembro em Valência, Espanha.

Em 2015, o piloto português venceu no circuito australiano, então em Moto3, mas falhou a prova de 2016, devido a lesão.

“Normalmente é bastante ventoso em Phillip Island. Espero que este fim de semana o clima nos favoreça, já que em Motegi (Japão) choveu todos os dias. Não vejo a hora de começar o trabalho e de dar o meu melhor com a equipa”, disse, sobre a 16.ª corrida da época.

Os primeiros treinos livres de Moto2 realizam-se a partir das 01:55, horas de Lisboa, de sexta-feira, e a corrida no domingo, dia 22, pelas 04:20.

Errata: Por lapso, a foto que acompanha o artigo, originalmente, não era de Miguel Oliveira, mas sim do espanhol Marc Márquez. O artigo foi corrigido com uma foto do piloto português. Aos leitores pedimos desculpa pelo erro.

Notícia atualizada às 18:28

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.