O italiano Valentino Rossi, sete vezes campeão mundial de motociclismo, vai falhar o Grande Prémio de São Marino por lesão e não será substituído, anunciou hoje a Yamaha, equipa do piloto de 38 anos.

Em comunicado, a Yamaha confirmou que Rossi, que teve um acidente com a sua moto de enduro durante um treino e foi operado em 01 de setembro a uma fratura na tíbia e perónio da perna direita, não estará presente na prova do Mundial de motociclismo.

A Movistar Yamaha será representada em São Marino apenas pelo piloto espanhol Maverick Viñales.

O italiano, que foi terceiro em 27 de setembro, no Grande Prémio britânico de Moto GP, em Silverstone, no qual realizou a sua 300.ª corrida no principal escalão do motociclismo, é quarto classificado no Mundial.

Na sua carreira, ‘Il Dottore’ foi campeão mundial na principal categoria em 2009, 2008, 2005, 2004, 2003, 2002 e 2001 (esta em 500 cc), uma nos 250 cc, em 1999, e outra em 125 cc, em 1997.

Nas últimas três épocas, na Yamaha, foi vice-campeão mundial, sendo que esta temporada, a seis provas do final, está a 26 pontos do líder, o também italiano Andrea Dovizioso (Ducati).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.