Esta segunda-feira aconteceu o regresso oficial da Fórmula 1 com chegada do Troféu do Grande Prémio de Portugal. Pedro Lamy, piloto português, esteve presente e abordou o regresso da competição a Portugal, 24 anos depois.

O piloto Pedro Lamy, o primeiro português a pontuar num Mundial de Fórmula 1, no Grande Prémio da Austrália de 1996, onde conquistou a sexta posição, afirmou que o regresso do campeonato "representa muito para Portugal", sendo "uma grande conquista, sobretudo para os amantes de automobilismo", num ano marcado pela pandemia da covid-19 e por eventos desportivos sem a presença de público.

“O impacto do público no automobilismo não tem o mesmo impacto que no futebol. O piloto dentro do carro concentra-se, o público são os outros carros. Não é tão grave, mas é triste, no ‘paddock’ deve ser terrível. É uma fase que esperemos que termine depressa”, sublinhou.

O antigo piloto falou também sobre a descaracterização da Fórmula 1 nos últimos anos com a entrada de novos circuitos em detrimento das pistas tradicionais.

"A Fórmula 1 perdeu o carisma e a tradição. A segurança tem vindo a mudar com os países que tinham dinheiro, em vez daqueles que tinham tradição. O dinheiro mudou a tradição da Fórmula 1. Mas com esta mudança, o facto de a televisão não transmitir em canal aberto também afeta. Assim como o facto de não haver pilotos portugueses em prova. Por outro lado, a Fórmula 1 perdeu um bocado, mas não em termos de competitividade. A Fórmula 1 está muito interessante, tem muito bons pilotos e eu acho que as mudanças no regulamento têm sido úteis", considerou.

Já sobre a equipa em vantagem, Pedro Lamy admitiu que "Mercedes tem demonstrado uma grande diferença para as outras equipas e vai ser difícil batê-la".

“Hamilton está a bater todos os recordes. Para mim, é o melhor piloto da atualidade e provavelmente o melhor de todos os tempos. O Verstappen não tem o melhor carro, mas tem ‘destruído’ todos os colegas de equipa, apenas Daniel Ricciardo esteve ao nível. Gostaria de ver Verstappen ao lado de Hamilton, talvez será o sucessor dele no futuro”, analisou.

Recorde-se que a Fórmula 1 vai regressar a Portugal, 24 anos depois. A prova realiza-se entre os dias 23 e 25 de outubro, no Autódromo de Portimão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.