Fabio Quartararo venceu o Grande Prémio da Catalunha em MotoGP e recuperou a liderança do Mundial. O piloto francês da Yamaha ficou à frente de Joan Mir, que ultrapassou Morbidelli na penúltima volta. Na terceira posição ficou Alex Rins, que relegou Morbidelli para fora do pódio.

Miguel Oliveira caiu quando era nono classificado. O piloto português, que partira da 12.ª posição da grelha, estava na luta pelo sexto lugar quando sucumbiu às dificuldades com o pneu dianteiro que vinha apontando ao longo do fim de semana e caiu.

A corrida:

Miguel Oliveira partiu do 12.º posto mas perdeu logo um lugar, numa primeira volta acidentada. O líder do Mundial, Andrea Doviziozo, caiu, tal como Johan Zarco. Franco Morbidelli partiu da 'pole' e conseguiu manter a primeira posição mas agora tinha Valentino Rossi no segundo posto, com Jack Miller no terceiro.

À quarta volta, já o 'Falcão' estava em 10.º, após ultrapassar Nakagami e Aleix Espargaró. Mais a frente travou uma luta intensa com Brad Binder, Francesco Bagnaia e Pol Espagaró para o 7.º lugar, com várias trocas de lugares.

Na frente da prova havia animação. Depois de passar Rossi, Fabio Quartararo roubou a liderança a Morbidelli, na 9.ª volta.

Num traçado um pouco traiçoeiro com curvas rápidas, as quedas iam-se sucedendo. Na volta número 13 Pol Espargaró perdeu a dianteira da sua moto e saiu em frente. A seguir foi Valentino Rossi a cair quando era terceiro, na 16.ª volta, adiando assim o pódio 200 na carreira.

A cinco voltas do final, Miguel Oliveira também caiu, perdendo assim uma grande oportunidade de somar pontos. Uma semana difícil para o piloto português da KTM Tech3, ele que já tinha caído na Q2, quando estava bem lançado para fazer uma volta rápida. Apesar disso, conseguiu fazer o terceiro melhor tempo combinado na terceira sessão de treinos.

Nas derradeiras voltas a 'guerra' pelo pódio ganhou mais emoção. Alex Rins passou Joan Mir mas depois cedeu o lugar.

A vitória acabou por ser de Quartararo, da Yamaha, que ficou à frente de Joan Mir e Alex Rins . O francês volta a liderar o Mundial, aproveitando da melhor forma a queda de Dovizioso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.